Configurar uma forma de pagamento na sua conta do Google Ads é essencial para que seus anúncios possam ser faturados. Durante esta configuração você encontrará duas formas de realizar o pagamento das suas campanhas: Pagamento Manual e Pagamento Automático.

Neste tutorial, falaremos sobre as principais diferenças entre cada um deles. Confira abaixo:

  • Pagamento manual: esta forma de pagamento é muito simples - basta você escolher um valor que deseja gastar nessa campanha (R$300,00, por exemplo) e realizar o pagamento via cartão de crédito ou boleto bancário. Assim que este pagamento for aprovado, os créditos serão liberados para você usar nas suas campanhas. Isso significa que conforme seus anúncios forem exibidos, é deste valor que será debitado, ou seja, à medida que eles forem exibidos e os custos acumularem, o crédito adicionado diminuirá. Quando o valor do pagamento acabar, os anúncios param de ser exibidos até que você faça uma nova compra de crédito. Este formato é o mais recomendado por nós, garantindo uma melhor noção do quanto você está gastando e evitando quaisquer surpresas com gastos exorbitantes.

  • Pagamento automático: diferentemente do Pagamento Manual, a cobrança automática é realizada depois que os anúncios são exibidos, ou seja, primeiro seus anúncios vão ao ar e só depois o Google faz a cobrança automática no cartão de crédito cadastrado. Vale lembrar que selecionando esta opção, você não consegue estipular um valor para o gasto, então é importante ficar de olho para não ter surpresas na fatura, mas não se preocupe; caso queira essa opção, você pode basear o valor aproximado da cobrança através do limite diário de gasto que você informa ao Google quando configura uma campanha, ou seja, se você diz pro Google que ele pode gastar no anúncio até R$5,00 por dia e o mês tem 30 dias, o Google vai cobrar dele no final do mês até R$150,00.

💡É importante saber: caso queira configurar uma forma de pagamento na sua conta do Google Ads, basta acessar o tutorial abaixo:

Encontrou sua resposta?