Neste artigo, mostraremos os detalhes do cálculo de frete realizado pelos Correios. Confira o vídeo abaixo com todas as informações ou, se preferir, acesse o conteúdo escrito logo a seguir.

Como funciona o cálculo do frete?

O cálculo do frete dos correios em nossa plataforma é ocorre devido à integração com o WebService do próprio Correios onde, com base nas informações cadastradas no produto (base das dimensões, peso do produto) e a distância do CEP de origem pro de destino, um valor a ser pago retornará.

Para que um produto seja enviado pelos Correios, existe um limite aceito por eles, que possui a seguinte lógica: Altura + Largura + Comprimento = 200cm ou 30KG.

Confira na imagem abaixo, os limites definidos e máximos para o cadastro:

Caso o cliente insira mais de um produto no carrinho o sistema irá calcular o frete com base na soma da medida dos produtos. Isso significa que, se a soma das medidas dos produtos definidos no carrinho para maior que este limite dos correios, como formas de envio PAC ou SEDEX não será especificado na loja.

💡 É importante saber: caso você venda produtos pequenos, onde seja possível enviar mais de uma unidade dentro da mesma embalagem, como brincos, por exemplo, recomendamos inserir somente o peso do produto. (Dessa forma, será aplicável com as dimensões mínimas do correios.)

💡É importante saber: se sua loja estiver com algum problema no cálculo do frete, recomendamos a leitura do tutorial abaixo com possíveis deste comportamento.


Porque o frete calculado pela loja é diferente dos Correios?

Pode ocorrer dos valores não serem exatamente iguais entre o valor apresentado na sua loja virtual e o que será pelos Correios. O importante é que esta variação seja pequena para não encarecer o envio para seu cliente, ou também para sua loja não sair no prejuízo.

Uma explicação para isto é simples:
O valor loja na loja virtual é um valor baseado no peso da tabela dos Correios.
Quando um pedido é concluído, é considerado apenas como medida o peso registrado no cadastro do produto. Após o produto ser embalado e adicionado com as devidas proteções, estes valores podem sofrer alteração da dimensão e peso, influenciando assim o valor final do valor que o Correio ou Transportadora irá cobrar.

Caso as divergências sejam muito grandes e você está perdendo dinheiro, é possível alterar na forma de envio e adicionar um valor ou% para acréscimo. Assim você garante que não terá mais perda com essa situação.

Você também pode querer parte subsidiária do frete para tornar-lo mais atrativo ao seu cliente, e assim o valor do envio não ter tanto impacto. Claro que isso tem um preço, e sugerimos que esse valor de subsídio saia do lucro do preço do produto para que você não fique nenhum prejuízo.

Encontrou sua resposta?